quarta-feira, 10 de novembro de 2010

ALTAR-MÃO CROMELEQUE DE ALMENDRES

1 comentário:

Luís Coelho disse...

Gostei de ver esta obra.
Difícil será entender toda a disposição das pedras e as distâncias entre si.