quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A expressividade de Franco Fagioli talvez só tenha paralelo no veludo da sua extraordinária voz.


3 comentários:

José María Souza Costa disse...

Olá, bom dia.

O tempo é de luzir. Então cada um de nós que busquemos o nosso Sol.
Ele paira, e nos convida ao aquecimento do cotidiano. Não por que queremos, mas por que o tempo, exige em exposição, que cada um de nós, busquemos o nosso lugar. Abraços.

Lilazdavioleta disse...

Extraordinária mesmo !

Lilazdavioleta disse...

Extraordinária mesmo !