sexta-feira, 1 de abril de 2016

Hoje é dia das mentiras: o segundo com Herberto Helder.

Ontem fui comprar um livro de auto-ajuda. Porque detesto missas de defunto, sejam elas de corpo presente, de sétimo dia ou de aniversário. Aniversários comemoro os da vida e não os da morte.


1 comentário:

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Filipe.
A leitura é excelente como auto-ajuda. A poesia é das melhores leituras =)

abç amg